LogoUT
  • GEDAI adquire telescópios computadorizados para cinco campi

    GEDAI adquire telescópios computadorizados para cinco campi

    Os telescópios computadorizados serão usados nas atividades de ensino e divulgação da Astronomia em Belo Horizonte, Curvelo, Leopoldina, Timóteo e Varginha

    O Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia Intercampi (GEDAI) do CEFET-MG adquiriu cinco telescópios computadorizados para uso nas atividades de ensino e divulgação da Astronomia em cinco campi da Instituição: Belo Horizonte, Curvelo, Leopoldina, Timóteo e Varginha. A compra, com custo total de, aproximadamente, R$ 16 mil, foi viável graças à verba obtida pelo Grupo no Edital 070/2016 da Diretoria de Extensão e Desenvolvimento Comunitário (DEDC) do CEFET-MG, para financiamento de programas ou projetos de iniciativas extensionistas.

    De acordo com um dos coordenadores do GEDAI, professor Leonardo Diniz, os equipamentos serão de fundamental importância para o fortalecimento das atividades de extensão do GEDAI. “Com exceção de Timóteo, nenhum dos outros campi tem telescópio computadorizado. O equipamento é muito prático, já vem com um GPS (Global Positioning System) interno e, com isso, pode-se localizar com precisão um astro automaticamente, pelo nome ou código”, explica. Outro benefício, segundo o professor, será para as atividades de Astrofotografia. “Com esse telescópio, as imagens obtidas por longa exposição são mais suaves”.

    Por fim, Leonardo Diniz ressalta a dificuldade em se obter equipamentos desse tipo. “O processo de compra de telescópios é sempre algo muito difícil, por conta dos pregões e do baixo número de fornecedores no mercado nacional. O servidor Sérgio Corrêa, lotado na DEDC, deu um excelente apoio aos coordenadores na execução das compras”, afirma.

    O GEDAI

    O Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia Intercampi (GEDAI) é um programa de extensão do CEFET-MG formado por servidores e alunos da Instituição e por astrônomos amadores voluntários. Atualmente, o GEDAI desenvolve ações em cinco campi do CEFET-MG: Belo Horizonte, Curvelo, Leopoldina, Timóteo e Varginha. O objetivo é promover atividades de ensino e divulgação de Astronomia às comunidades interna e externa. Acesse o site do Grupo e confira as datas dos próximos eventos.



    Secretaria de Comunicação Social/CEFET-MG
     

  • Música, dança e comidas típicas para marcar o encontro de estrangeiros

    Música, dança e comidas típicas para marcar o encontro de estrangeiros

    1º Encontro de Alunos Estrangeiros do CEFET-MG reuniu integrantes do curso de português para estrangeiros, além de estudantes do ensino técnico, da graduação e da pós-graduação

     

    Momento de descontração e integração: assim pode ser resumido o 1º Encontro de Alunos Estrangeiros do CEFET-MG. Durante a manhã e o início da tarde do último sábado (24), campus I, os estrangeiros se revezaram em apresentações de música e dança, além de mostrar suas culturas em barracas de comidas típicas e artesanato. Os alunos dos cursos de português para estrangeiros, refugiados e portadores de visto humanitário apresentaram os trabalhos finais e receberam os certificados de conclusão da capacitação ao final do evento.

    Participaram, além dos alunos do curso de português, estudantes que vieram para o CEFET-MG cursar o ensino técnico, a graduação ou a pós-graduação. Nora Essien é de Gana, país da África ocidental, e veio ao Brasil após ser aprovada na seleção para o Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) do Governo Federal. No próximo ano, depois de concluir o curso de português, vai cursar Relações Internacionais em Uberlândia (MG). O PEC-G oferece oportunidades de formação superior a pessoas de países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém acordos educacionais e culturais.

    “Gostei muito do Brasil, principalmente pela beleza, mas, com certeza, a minha principal dificuldade no país é com a língua”, avalia Nora. A língua oficial em Gana é o inglês, com incidência de idiomas locais em várias partes do país. A oportunidade de aprender a língua portuguesa, para Nora, representa também um diferencial quando retornar a Gana. Durante o encontro, Nora mostrou seu talento musical em uma apresentação de canto com Félix Barimah, seu colega de Gana também vindo pelo PEC-G, acompanhados ao teclado pelo doutorando do Programa de Estudos de Linguagens (Posling) do CEFET-MG, Brice Agossa, do Benin.

    O secretário de Relações Internacionais, Jerônimo Coura Sobrinho, se surpreendeu com o sucesso do encontro e a interação entre os estrangeiros e as demais pessoas presentes. “Tivemos a dimensão, nesse primeiro encontro, de quanto é necessário que essa integração aconteça frequentemente. Pretendemos, inclusive, nas próximas edições, proporcionar a participação mais efetiva dos servidores, dos docentes e dos alunos regulares do CEFET-MG”, adianta.  Segundo Jerônimo, a ideia é que o encontro seja realizado semestralmente.

    O encontro foi organizado pelo Grupo de Pesquisa em Linguagens e Tecnologia (Infortec), pela Secretaria de Relações Internacionais (SRI) e pela Diretoria de Extensão e Desenvolvimento Comunitário.
     

    Secretaria de Comunicação Social / CEFET-MG

  • Programa de Formação de Docentes obtém nota máxima em avaliação

    Programa de Formação de Docentes obtém nota máxima em avaliação

    A nota do Ministério da Educação refere-se à renovação de reconhecimento do curso e avaliou instalações físicas, corpo docente e organização didático-pedagógica

    O Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes conquistou nota 5 na avaliação de renovação de reconhecimento do curso, pelo Ministério da Educação (MEC). A avaliação segue uma escala de 1 a 5 e observa a organização didático-pedagógica, o corpo docente, discente, técnico-administrativo e as instalações físicas do curso.

    A avaliação foi feita nos dias 1º e 2 de julho, quando duas avaliadoras do MEC verificaram a documentação específica do curso, como o Projeto Pedagógico, os planos de ensino das disciplinas, os relatórios de estágio, o horário de aulas, além do trabalho da coordenação e produção acadêmica dos professores. “Eles entrevistaram os docentes e alunos, os membros da Comissão Permanente de Avaliação, como também visitaram as instalações do campus II, como Registro Acadêmico, biblioteca, laboratórios de informática, restaurante, sanitários”, detalha a coordenadora do curso, professora Sabina Maura Silva.

    Conforme explica Sabina, a nota reconhece o esforço dos professores. “A nota 5 recebida pelo Programa significa o reconhecimento do trabalho de qualidade desenvolvido aqui e é um grande estímulo para o grupo de docentes envolvidos no curso”.

    O Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes é voltado para candidatos que já tenham concluído um curso de graduação, exceto licenciatura e curso de Pedagogia. Ele habilita os graduados para as disciplinas que integram as quatro séries finais do Ensino Fundamental, o Ensino Médio e a educação profissional em nível médio em Biologia, Física, Matemática, Química, Língua Portuguesa e nos Eixos Tecnológicos dos cursos ofertados pelo CEFET-MG. Para Sabina Silva, “o curso oferecido pelo CEFET-MG destaca-se pela qualificação dos docentes - todos doutores -, com grande experiência no campo da educação, bem como pela estrutura disponível aos discentes”.

    Como são as avaliações do MEC

    Há três tipos de avaliação para os cursos superiores: para autorização, para reconhecimento e para renovação de reconhecimento. O primeiro tipo, para autorização, é feita quando uma instituição pede autorização ao MEC para abrir um curso. O segundo, para reconhecimento, ocorre quando a primeira turma entra na segunda metade do curso; é feita, então, uma segunda avaliação para verificar se foi cumprido o projeto apresentado para autorização. O terceiro, para renovação de reconhecimento, se dá a cada três anos.

    Em todas as avaliações, o MEC envia dois avaliadores – sorteados entre os cadastrados no Banco de Avaliadores (BASis) – à instituição, onde são avaliadas três dimensões do curso: a organização didático-pedagógica; o corpo docente e técnico-administrativo; e as instalações físicas.

    Secretaria de Comunicação Social / CEFET-MG



Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nam cursus. Morbi ut mi. Nullam enim leo, egestas id, condimentum at, laoreet mattis, massa.

Enquete

Durante sua formação escolar, quais atividades, além do ensino propriamente, você prioriza:

Habilite Cookies no seu navegador!
  •  atividades de pesquisa, como feiras, congressos, grupos de pesquisa etc.
  •  atividades extensionistas que proporcionem contato direto com a comunidade.
  •  atividades culturais e/ou extracurriculares.
  •  atividades profissionais e de estágio.
  •  somente o estudo; procuro não me envolver em outras atividades.

Favor escolher uma resposta

Voto efetuado com sucesso

Favor escolher uma resposta